Desde a retomada, Farmácia Popular atende 1,3 milhão do Bolsa Família

E mais: Consórcio formado pela CAIXA, Microsoft e Elo conclui configurações internas de desenvolvimento e se conecta à rede blockchain do Drex, o Real digital; Ministério das Cidades vai atuar em dois eixos prioritários no âmbito do Novo PAC.

Desde a retomada, Farmácia Popular atende 1,3 milhão do Bolsa Família

E mais: Consórcio formado pela CAIXA, Microsoft e Elo conclui configurações internas de desenvolvimento e se conecta à rede blockchain do Drex, o Real digital; Ministério das Cidades vai atuar em dois eixos prioritários no âmbito do Novo PAC.

17-08-23 - E NOTICIA EM 2 MINUTOS - FILIPPIN.mp3

Duração: 2'32"

Publicado em 17/08/2023 09:36

Após retomada e ampliação do programa Farmácia Popular do Brasil, mais de 1,3 milhão de beneficiários do Bolsa Família já foram atendidos. A atual gestão do Ministério da Saúde passou a disponibilizar todos os 40 itens disponíveis na estratégia de forma gratuita aos beneficiários do programa.

Ao todo, foram dispensados mais de 290,7 milhões de insumos entre medicamentos e fraldas, com investimento federal de R$ 46,5 milhões.

Entre janeiro e julho deste ano, mais de 18 milhões de pessoas retiraram cerca de 8,4 bilhões de unidades de medicamentos ou fraldas pelo Programa Farmácia Popular.

Após a retomada de um dos principais programas sociais do Governo Federal, o Ministério da Saúde garantiu a ampliação do acesso à assistência farmacêutica a 55 milhões de brasileiros beneficiários do Bolsa Família.

Xxxxxxxxxxxxxxxxx

O consórcio formado pela CAIXA, Microsoft e Elo concluiu, nessa terça-feira (15), as configurações internas de desenvolvimento e se conectou à rede blockchain do Drex, projeto piloto da nova moeda digital brasileira criada pelo Banco Central (BC).

Com esse passo, conhecido como instalação do nó, ou seja, ponto de conexão, o banco está pronto para criar tokens e simular transações com outras instituições financeiras, avaliando o potencial da rede do BC.

Xxxxxxxxxxxxxxxxxx

O Ministério das Cidades vai atuar em dois eixos prioritário no âmbito do Novo PAC, programa lançado em agosto deste ano pelo Governo Federal. Com recursos previstos de cerca de R$ 622 bilhões, a pasta será responsável por todas as ações do eixo de Cidades Sustentáveis e Resilientes e por parte das ações no eixo Água Para Todos, incluindo o Minha Casa Minha Vida, obras de mobilidade urbana, urbanização de favelas, entre outros.

 

 

Da Rede Nacional de Rádio em Brasília