Indígenas ganham ala reservada no Hospital Universitário do Amapá para pacientes com a covid 19

A unidade conta com 109 leitos, sendo 35 Unidades de Tratamento Intensivo com respiradores e 5 UTIs serão reservadas para pacientes indígenas

Indígenas ganham ala reservada no Hospital Universitário do Amapá para pacientes com a covid 19

A unidade conta com 109 leitos, sendo 35 Unidades de Tratamento Intensivo com respiradores e 5 UTIs serão reservadas para pacientes indígenas

08-06-2020_BOLETIM_HOSPITAL PARA INDÍGENAS.mp3

Duração: 1m14s

Publicado em 08/06/2020 08:16

Pacientes indígenas com Covid 19 contam agora com uma ala  hospitalar no Hospital Universitário da Universidade Federal do Amapá. em Macapá.

 

 

É primeira ala voltada para o atendimento de pacientes indígenas com COVID-19 no estado do Amapá. 

 

O Hospital Universitário conta com 109 leitos, sendo 35 Unidades de Tratamento Intensivo com respiradores e 5 UTIs serão reservadas para pacientes indígenas.

 

 

Além de recursos financeiros, o Governo Federal tem enviado profissionais para ajudar o estado no enfrentamento à pandemia. 

 

 

Uma comitiva com 25 profissionais de saúde voluntários foi enviada para reforçar o atendimento em Macapá .

 

Agora o Amaoá  conta com 102 profissionais do programa Brasil Conta Comigo atuando nos hospitais contra o coronavírus.

 

Esta é a segunda ala indígena inaugurada para atendimento específico à COVID-19 no país. 

 

No dia 26 de maio, o Ministério da Saúde inaugurou a primeira ala indígena específica para atendimento ao coronavírus no Brasil no Hospital Nilton Lins, em Manaus , no Amazonas.