Senappen inicia Operação para identificar celulares em prisão

Realizada em 23 estados, o objetivo da ação é identificar e retirar celulares localizados em unidades prisionais como forma de combater a comunicação ilícita do crime organizado .

Senappen inicia Operação para identificar celulares em prisão

Realizada em 23 estados, o objetivo da ação é identificar e retirar celulares localizados em unidades prisionais como forma de combater a comunicação ilícita do crime organizado .

17-10-23 - É NOTÍCIA - FILIPPIN - OPERACAO MUTE.mp3

Duração: 1'26"

Publicado em 17/10/2023 08:01

A Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen), do Ministério da Justiça e Segurança Pública, iniciou, nessa segunda-feira (16), a Operação Mute.

Realizada em 23 estados, o objetivo da ação é identificar e retirar celulares localizados em unidades prisionais como forma de combater a comunicação ilícita do crime organizado e reduzir os índices de violência em âmbito nacional. A iniciativa conta com o apoio das polícias penais estaduais.

A Operação ocorreu nos estados do Acre, Amapá, Bahia, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Roraima, Rio Grande do Sul, Sergipe e São Paulo de forma coordenada.

A ação tem dois focos: o primeiro é cortar a comunicação por meio do uso de tecnologia que embaralha o sinal, e, em seguida, buscar os aparelhos com ações de revistas em pavilhões e celas. Mais de 1,3 mil policiais penais federais e estaduais trabalham na ofensiva em 76 unidades prisionais.


Da Rede Nacional de Rádio em Brasília