Bloqueio de bens de financiadores dos atos golpitas pode aumentar

Advocacia-Geral da União solicitou que bloqueio de bens de financiadores dos atos golpistas ocorridos em Brasília no dia 8 de janeiro aumente para R$ 18,5 milhões.

Bloqueio de bens de financiadores dos atos golpitas pode aumentar

Advocacia-Geral da União solicitou que bloqueio de bens de financiadores dos atos golpistas ocorridos em Brasília no dia 8 de janeiro aumente para R$ 18,5 milhões.

20-01-23 - É NOTÍCIA - AMERICA MELO - AGU BLOQUEIO DE BENS.mp3

Duração: 01'11"

Publicado em 20/01/2023 07:20

A AGU, Advocacia-Geral da União, solicitou nessa quinta-feira (19) que bloqueio de bens de financiadores dos atos golpistas ocorridos em Brasília no dia 8 de janeiro aumente para R$ 18 milhões e  500 mil reais.

 

 

Segundo a AGU , o acréscimo solicitado é em virtude da inclusão de estimativa dos prejuízos causados ao Palácio do Planalto e ao prédio do Supremo Tribunal Federal.

 

 

A pedido leva em consideração relatórios da Subchefia para Assuntos Jurídicos da Presidência da República, que estimou danos de R$ 7 milhões e 900 mil reais ao patrimônio do Palácio do Planalto, além dos prejuízos de R$ 5 milhões 900 mil reais ao Supremo Tribunal Federal. 

 

 

A quantia também engloba valor atualizado dos prejuízos estimados pela Diretoria-Geral da Câmara dos Deputados, que informou danos de R$ 1 milhão e 100 mil reais sem levar em consideração a restauração das obras de arte danificadas e a destruição e subtração de presentes protocolares cujo valor é inestimável.

 

Outras informações no site gov.br/agu 

 

Da Rede Nacional de rádio em Brasilia